sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Para os meus anjos...

Gonçalo...meu filho...
Hoje, enquanto olhava para os olhos vivos e alegres do teu irmão, perguntei-me como é possível que uma MÃE seja privada de ter uma criatura inocente como esta nos braços...
Um ser tão indefeso que precisa de nós como do ar que respira...

E chorei ao pensar que tu hoje farias 2 anos(pelo menos era a dpp)...
Os porquês vão e veêm muitas vezes...mas as respostas nunca!!!!




Tenho saudades Tuas...mas sei que ne deixaste muitos anjos por cá e tornaste a minha vida muio mais valiosa!!!!

Filho...
Embora não tivesse tido a sorte de te conhecer aqui terra, amo-te muito muito muito, com a mesma força que amo os teus irmãos Tomás e João Pedro e a Tua irmã Joana!!!
Meu Amor, sinto que te conheço tão bem...pois através dos olhos da alma eu Te vislumbrei...E no meu coração sinto-Te todos os dias!!!!

Hoje escrevo para Ti, para o Teu mano e para todos aqueles bebés que partiram sem nascer...ou partiram simplesmente antes da hora... e não que tiveram a sorte de poderem nascer e serem embalados nos braços de uma mãe que os esperou com tanto amor...

Sei que, se tivessem nascido, poderiam ser parecidos com qualquer um de nós...mas gosto de vos imaginar (quer a ti quer ao Tomás)parecidos com o vosso mano, sinto que no fundo tive um filho... um filho que estava guardado para mim...e não DESISTIU!!!!

Meus filhos...ainda sonho convosco, sonho como seriam, e por vezes vezes, quando a nossa famila está "completa"..., sinto no meu coração a vossa ausência...o que faz com que sinta que me sinta imcompleta e imagino como seria ter-vos aqui connosco...
Sei que se Tu tivesses nascido...Talvez o Tomás e o João não tivessem nascido... mas hoje no meu coração não vos consigo separar...

Lá no céu, onde sei que estás,sei que existe um Deus e peço-Lhe que vos guarde e que Ele não permita a dor imensa que uma Mãe sente quando vê um filho partir...

Infelizmente a sociedade não deixa uma Mãe expressar por palavras o que deveras sente... Exige um pacto de Silêncio...Exige que esqueçamos...

Mas eu não quero nem consigo esquecer que tive 2 filhos que não choraram...que não viram o sol brilhar...

Tenho saudades vossas... Quero continuar a ter...e... ainda e penso no muito que vos teria amado e mimado se tivessem nascido.

Como Mãe...prometo que ainda que não seja ouvida...falarei sempre de vós e de outras crianças que nasceram mas não tieram diretio a uma identidade...
E o meu desejo neste dia é que um dia que possa encontrar contigo e com o Teu mano na eternidade...


Beijinhos
Mãe

4 comentários:

Vera R. disse...

sem palavras...mil beijinhos

eueogajito disse...

tenho os olhos em agua...
simplesmente lindo ... os nosso bebes nunca serão esquecidos e estão todos juntos a brincar... e a cuidar de nós...
Amiga fique em lagrimas com o teu depoimento ...

neijobeijocas

Pinky_AR disse...

Minha querida, não tenho palavras para escrever-te pq simplesmente compreendo-te.
Bjs

Fernanda Silva disse...

Uma mãe que vos compreende e que também não fica em silêncio...
São ELES que nos dão a coragem de continuar a lutar!
Um beijinho por cada làgrima que derramei ao ler a sua menssagem(e foram muitas!)

A nossa familia

Pyzam Family Sticker Toy