sexta-feira, 26 de setembro de 2008

O Amor que sinto pelos meus filhos é....

O amor de mãe é mais forte do que o próprio aço inioxidável...
Segura qualquer peso, qualquer tensão...

O amor de mãe é combustivel...
Arde intensamente... Aquece mas não queima...

O amor de mãe é o....
que torna qualquer ser humano capaz
de realizar o impossivel.

O amor de mãe não precisa de tantas horas de sono
como os outros géneros de amor....

O amor de mãe não da importancia
alguma ao teu visual.
Ela acha que és lindo de qualquer maneira.

O amor de mãe é o que há de mais elástico no mundo...
Pode ser esticado demasiado longe, onde quer que estejas...


O amor de mãe não surge num embrulho
como um bolo-rei qualquer

É algo muito individual por vezes,
pode ser um bocadinho doce demais e outras,
estar demasiado cozidos nos lados.

O amor de mãe é algo que torna a mãe incapaz
de quebrar um compromisso com os filhos.

O amor de mãe é como o ar...
É tão natural que nem das por isso.
Até o fornecimento ser cortado.

O amor de mãe é a luz-piloto
da familia.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Parabéns Rafa!!!!!!!!!!!!





Parabéns Rafael MAIS UM ANITO(23/09/08)


Desejo-te tudo de bom na tua vida, muitos miminhos da familia e amigos, saúde e muitas traquinices!!!!

Não te conheço pessoalmente mas conheço a tua mãezona e sei que tu és um ESPECTÁCULO!!!!

Beijoca da Lena e da Joana!!!



PS: Aproveito para dar os parabéns aos teus papás pela obra prima és sem duvida um puto muito giiiiiiiiiiiiirrrrrrrrrroooooooo!!!

terça-feira, 23 de setembro de 2008


Bebes - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

21 semana...O meu amor por Ti cresce a cada dia!!!

O bebé
Coração palpitante. O que é esse ruído que parece uma manada de cavalos a galope? O coração do bebé bate cada dia mais forte. Até há algumas semanas, o médico tinha que utilizar um aparelho especial para ouvi-lo, chamado Doppler. Agora basta-lhe um estetoscópio.

É possível que tenha a oportunidade de o ouvir. Nesse caso, talvez lhe seja difícil distinguir o bater do coração do bebé do seu próprio. Esteja atenta ao ritmo mais rápido: o coração do bebé bate à razão de 120 ou 140 pulsações por minuto, mais ou menos o dobro do seu. Muitas mulheres acham que soa como um cavalo a galope.

E a cada vez que Te oiço as minhas lágrimas caem descontroladamente...


Sestazinhas. O bebé já começa a ter ciclos de sono e vigília. As ecografias demonstram que os bebés preferem dormir numa determinada posição. Talvez o seu bebé durma com o queixo no peito, com as mãos apertadas debaixo do queixo ou com a cabeça inclinada para trás.

As medidas. O bebé pesa por volta de 300 ou 350 gramas e mede cerca de 23 cm, o peso e comprimento de uma banana.

E Tu tás tão gordinho e tão crescido....

A gravidez
Dores. Durante a gravidez é muito frequente sofrer de dores de costas, sobretudo na zona lombar. E não é de admirar: o crescimento do útero desloca o centro de gravidade do corpo e puxa a zona lombar para a frente. Entretanto, a hormona relaxina amortece todas as articulações e ligamentos do corpo, incluindo os ligamentos que fixam os ossos pélvicos à coluna vertebral. Este amortecimento das articulações é bom para o parto, já que permite que a pélvis se distenda e deixe que a cabeça do bebé se acomode, mas pode provocar-lhe dor nas costas durante os meses que lhe restam.

Dores é coisa que tenho há muito tempo...Mas VALES cada uma delas!!!

Remédios. Para aliviar a dor nas costas, efectue os seguintes ajustes na sua rotina diária. Quando se sentar, quer seja para ver televisão quer seja para trabalhar, utilize um repousa-pés para descansar as pernas numa posição ligeiramente elevada. Se tiver de permanecer em pé para realizar alguma tarefa, como cozinhar ou lavar louça, descanse um pé sobre um pequeno banquinho para retirar alguma pressão da zona lombar. Se for possível, tome um banho morno (não quente). Se não conseguir aliviar a dor, consulte o seu obstetra.

Ainda são suportávéis....

A voz dos especialistas. A fruta e os legumes são fontes de vitaminas e minerais muito adequadas durante a gravidez, mas o que fazer se não as conseguir suportar? Seja criativa. Beba sumos de legumes ou experimente vários molhos (de queijo, por exemplo) que disfarcem o sabor dos legumes.

Vamos lá exprimentar...

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

A morfológica...




O meu pequeno grande AMOR....
Olá mundo!!!!Sou um menino lindo peso 363 grs e meço 18cm, sou o AMOR perfeito dos meus Pais e da minha mana!!!!
A eco não apresenta alteraçoes visiveis e como a mãe já sabe que sou um 46 XY normal (mas sou bem aparelhado hihih!!!)Isso pode ver-se na 2ª eco lol!!!!
Ela está nas nuvens(está ela o pai e a mana)!!!
A mãe agora passa a vida com um sorriso parvo na cara...
Sorri a toda a hora, meu Deus...vou nascer numa familia de malucos, hihihi!!!!


Agora sim, sinto que ela sabe que estou bem e vai viver a minha gravidez em pleno e vai dar-me algum descanso, mas a vingança será terrivél, ela já sente os meus pezinhos de atleta....Até de noite!!!

Obrigada por estarem do lado dela e a torcerem por mim e a aturarem as neuras de uma mãe á beira de um ataque de nervos!!!!!

Beijinho do pequeno grande AMOR da Lena

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

O 1º dia do resto da minha gravidez...


Terça feira dia 16 de Setembro ás 3 da tarde toca o telemóvel...
"Hospital de Vila Real, a drª A. quer falar consigo"!!!...conheci a voz da menina da genética...

Coração apertadinho mas uma estranha tranquilidade...
Não sei descrever o que sentia...

"Vai ter um menino!" o que eu senti foi o confirmar de uma certeza que já inundava o meu coração...
E drª está tudo bem?
Perguntei eu sem medo, mas com uma ansiedade natural...

"Está Sim senhora"!!!...
"Só temos de ter muito cuidado com a tensão"!!!!

As lágrimas correram desgovernadamente...
Sabia o resultado, mas ouvi-lo teve um sabor especial...

Talvez a frase que disse á Joana seja a ideal para descrever o que eu senti...

"Filha sabes quando fazes um teste e sabes que vais tirar a nota máxima"?!!!

"E lembras-te do que sentes quando a professora te entrega o teste"???!!!

"É isso o que eu estou a sentir filha"!!!!

"Hoje Recebi o meu tão desejado e tão aguardado 20 !!!!!!!

A musica que me diz que o meu menino está bem...

Quando oiço esta musica sinto-a como se fosse o meu filho a falar comigo...
A dizer-me....

NÃO DESISTAS MÃE EU AMO-TE!!!!

Não sei porquê mas em todas as situaçoes menos boas ela está lá como um calmante...

Parece que foi ontem...20 semanas de Ti meu Amor!!!

Semana 20
O bebé
Na semana passada, a vérnix caseosa começou a cobrir a pele do bebé. Esta semana, está completamente coberta por esta substância cremosa, que protegerá a sua pele delicada do líquido amniótico.

Tão pequeno e tão vaidoso o meu Principe!!!!

O sentido das coisas. O bebé começa a estar consciente do mundo que o rodeia, por limitado que seja. O seu cérebro já está a trabalhar horas extras para desenvolver os centros nervosos dedicados aos sentidos, que por fim adquirem vida. Agora é mais sensível às mudanças que se produzem no mundo que o rodeia: a actividade da mãe, os sons do ambiente e inclusive o sabor do líquido amniótico.

Além de vaidoso é inteligente o meu pequeno grande Amor!!!


Soluços. É provável que tenha sentido o bebé a dar voltas e pontapés na sua barriga. Agora talvez também sinta umas sacudidelas rítmicas. Não, não está a tamborilar uma melodia: tem soluços. Quase todos os bebés têm soluços no útero, possivelmente devido à imaturidade do diafragma que sofre de espasmos. Não há nada que possa fazer para parar estes soluços, mas também não tem por que o fazer, já que não vão prejudicar o seu bebé, nem agora, nem quando nascer.

Coitadinho e eu a pensar que eram cócegas...!!!

A cabeça. Estabelecido o desenho do cabelo já há várias semanas, o bebé passa agora à fase seguinte: o crescimento dos cabelos. E isto não é penugem, mas sim cabelo a sério. Mas não pense ainda numa farta cabeleira. Quase todo este cabelo começará a cair duas semanas após o parto. Mas não se preocupe: pouco a pouco irá crescendo o cabelo permanente do bebé, que de certeza será de uma cor mais clara do que o que tinha ao nascer.

Terá caracois como o pai e a mana???!!! serão claro ou escuros???!!!! Que vontade de Te ver!!!

No que diz respeito ao resto da cabeça, os ossos do ouvido interno estão já perfeitamente formados e o nariz começa a tomar uma forma reconhecível.

Pode ter as orelhas da mãe e o nariz do Pai, mas seja como for vai ser lindo!!!!

As medidas. O feto pesa entre 220 e 250 gramas e mede cerca de 22 centímetros. Este bebé cabe na palma da mão.

Cabe na palma da mão mas ocupa toda a minha alma!!!!

A gravidez
A passagem do Equador. Parabéns: já chegou à metade da sua gravidez. Percorreu um longo caminho nestes quatro meses e meio. O seu útero tem agora três vezes o seu tamanho original. Quando for medido, de certeza verá que o fundo está agora ao nível do umbigo. A partir de agora, o útero crescerá pouco menos de um centímetro por semana até que dê à luz.

E só Deus sabe como foi dificil....

Um útero com vistas. Teve a oportunidade de ver o bebé? Se vai fazer a ecografia de metade da gravidez, é provável que lha façam entre as 18 e as 22 semanas. O médico pode fazer-lhe uma ecografia agora por diversos motivos: confirmar a data prevista do parto, detectar malformações de nascimento ou verificar se a placenta está no sítio adequado. Com a ecografia terá a possibilidade de contar os dedos das mãos e dos pés, averiguar o sexo (se o quiser saber) e ter maior tranquilidade de que tudo vai bem dentro do Hotel Mãe. Certamente esta primeira olhadela ao seu bebé acrobata (ele que já há algum tempo a acorda com os pontapés que dá) fará com que a sua eminente maternidade lhe pareça mais real. Peça uma cópia da imagem da ecografia para começar já o primeiro álbum de fotografias do bebé.

E como eu sou uma sortuda vou fazer 2!!!!!!!


A voz dos especialistas. Se a sua vida ou o seu trabalho são muito stressantes, fará um favor a si mesma e ao bebé adoptando algumas medidas para relaxar. Embora um certo grau de tensão seja benéfico (dá-nos impulso para actuar), uma tensão constante e rigorosa pode afectar negativamente a mãe e o bebé. Felizmente, há muitas maneiras de combater a tensão

A partir de agora vou ter muita atenção, Amo-Te tanto e não vou deixar que os meus stresses te pertubem, PROMETO!!!!!!!!!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

O meu testemunho....Um pouco da minha história...

Este foi o testemunho que consegui escrever para o livro da Manu, Ainda doi muito...

Com 21 anos tive uma menina perfeitinha e cheia de saúde, o meu maior tesouro.
Queríamos ter mais filhos mas fomos adiando esse projecto até termos uma certa estabilidade, com essa estabilidade veio o desejo de voltar a ser Mãe…

Deixei os anticoncepcionais e fui ao médico, análises de despiste papanicolau, tudo ok.
Comecei o ácido fólico em Out. de 2005 sem pressas…
Passou o tempo mas sem “stresses” nem ansiedades (o Marido trabalha por turnos…).

Em Dez de 2006 a minha filha disse-me “Mãe só quero de prenda de Natal um mano ou uma mana”…Fiquei com os olhos rasos de lágrimas, não estava nas minhas mãos, mas também pedi em silêncio esse tão desejado bebé como prenda para a minha família.
O período não apareceu e dia 6 de Janeiro decidi fazer um teste…POSITIVO!!!
Ficamos nas nuvens dançamos, pulamos, fizemos uma festa…

Não imaginava que algo pudesse correr mal, tal era a ignorância…
Tinha uma filha saudável, não havia motivos para pensar em desgraças…
Dissemos a toda a família e amigos, e estupidamente sentia uma segurança, que não me deixava ter medo…

Dia 5 de Março vou ao hospital fazer a TN (a eco que mede a translucência da nuca) mais uma vez sentia que tudo estava bem, e o meu desejo era saber o sexo do bebé…

Mas nessa consulta o meu mundo ruiu o meu bebé estava gravemente doente, iria fazer a amniocentese mas sem qualquer esperança…
O que me foi dito da maneira mais fria, sem rodeios sem compaixão…
Senti o meu coração abrir-se rasgar-se, como podia estar a acontecer aquilo???!!!!

A minha filha fazia anos no dia seguinte, como lhe dizer que aquilo que ela mais queria, o sonho de ter um bebe ia acabar, ia ser terminado sem sequer ter começado???!!!!

Fui para casa de rastos não conseguia respirar a dor sufocava-me e as lágrimas não paravam de correr, a minha dor era tão grande e o desespero de como contar á minha filha era ainda maior…

Quando ela chegou, não aguentei e contei-lhe…
Meu Deus as lágrimas da minha filha ainda doíam mais do que a minha própria dor…

Tive que esperar até ás 16 semanas para fazer a amniocentese e quando ouvi o seu pequenino coração não aguentei, chorei tanto queria que tudo não passasse de um equivoco..
Queria o meu menino…

A médica disse-me: “Não vale a pena fazer o repouso é melhor que aborte o seu bebé não tem hipóteses de sobrevivência…
Mas mesmo assim ele teimava em resistir…
E lá esteve ele dentro do meu ventre até ás 17 semanas e seis dias…


Dia 28 de Março tive “ordem” de internamento para o maior pesadelo da minha vida…
Fui internada num bloco de partos onde os gritos de mulheres ecoavam na minha cabeça e o choro daqueles bebes arrancava as minhas lágrimas constantemente, era desumano era injusto eu devia esperar até Setembro para ter o meu filho nos braços, o pequeno grande Amor…

Fiz o citotec e um soro que deixou as minhas veias como carvões e a minha alma ardida numa fogueira de dor e lágrimas…

Tive muito carinho por parte da equipa médica, mas no meio disso ouvi da boca de uma enfermeira que tinha estudado para trazer vidas aos mundo e não para tirá-las…

Ai tive um ataque de dor, de desespero e disse-lhe…
“Só não me mato com ele porque tenho uma filha com 12 anos em casa, mas acredite que era esse o meu desejo…

Estive internada de domingo a 4ª feira dia em que depois de um sofrimento imenso o meu filho partiu definitivamente deixando um vazio descomunal…

Sofremos muito os três mas decidimos que íamos tentar de novo, por nós e pelo nosso menino que tinha partido cedo demais…

E assim aconteceu, voltei a engravidar em Junho que iria nascer no dia dos anos da mana, que presente, que alegria!!!

Desta vez a ansiedade não me deixou viver a minha gravidez apesar da TN indicar que estaria tudo bem e eu própria sentir-me bem, pensava que tinha sido egoísta da 1ª vez e que não devia sentir-me bem porque não acontecia só aos outros, vivia angustiada e a médica decidiu que não haveria rastreios mas sim uma nova amniocentese…

Mas a vida achou que eu ainda não tinha sofrido o suficiente....•

No dia 7 de Outubro fui acordada de um lindo sonho de amor...
E da pior maneira....
Estava tudo bem com o meu bebé até 5ª feira dia 4 dia em que fui fazer a amniocentese, disseram-me que era um menino e que estava grávida de 18 semanas tal como eu pensava, era outro menino, esse sim cheio de saúde (pelos resultados era perfeito) ficamos radiantes o nosso anjo tinha voltado sob a forma de um novo AMOR…
Fizeram-me as recomendações que eu segui á risca, dentro d possível uma vez que vivo a 50 km do hospital…!

Que felicidade que tão pouco durou!!!
Quando sai do hospital já me doía a barriga pensei que fosse da picada e que fosse normal...
Sábado começaram-me a doer as costas e comecei a sentir contracções pensei mais uma vez que fosse normal tomei o magnésio e tentei descansar mas as dores tornaram-se insuportáveis...

Urgências e uma viagem interminável (1h30m) até ao hospital, o meu marido chorava como uma criança nós sabíamos que algo estava muito mal, mas no fundo do meu coração eu queria acreditar que iriam salvar o meu bebé…
Quando lá cheguei rebentaram as águas e a minha alma...
Eu sabia que aí já não havia nada a fazer...
Um bebé de 18 semanas não tem hipóteses de sobrevivência…

Gritei, discuti com Deus, Ele não podia estar a deixar que passássemos por tudo de novo seis meses depois…

Não tinha forças para olhar de novo para a minha filha, como pode Deus existir e permitir que um ser com 12 anos passe por um sofrimento desses duas vezes???!!!
Não pode!!!! …

Mandaram-me fazer força mas eu não fiz, queria morrer com aquele filho…

Que dor senti no meu coração... Não queria ver ninguém, não queria viver…
Não queria ver as pessoas que mais amo e dizer-lhes…Acabou….Partiu…

Acabei por ir para o bloco, mas acordei a meio da anestesia, nova dose, acordei quando já tudo tinha terminado…

Acordei e não conseguia parar de pensar que a culpa tinha sido minha por não Acreditar que tudo estava bem…

Parece contraditório, mas eu fiz a amniocentese por ter medo de Acreditar e perdi o meu filho, quando iria começar a vivê-lo!!!!

Foi difícil, muito difícil, ouvir a minha filha dizer-me…
“Mãe, eu não te peço mais nenhum mano”!...

Quase perdi todas as forças, as que restavam vinham a custo desse ser tão pequeno mas tão Grande, dessa criatura que me dá forças cujo sorriso me fez reerguer a cabeça e do meu marido que tantas lágrimas partilhou comigo, e transformou a nossa dor em companheirismo num Amor diferente, um Amor dorido mas forte muito forte!!!!

Mas a nossa vida é feita de momentos...
Uns muito dolorosos e outros em que lutamos para que sejam muito bons...

E realizar o nosso sonho de maternidade é uma luta feita de muitas batalhas, perde-se o rumo no meio das lágrimas, da derrota e sentimo-nos sem forças para levantar a cabeça e lutar. Mas quando pensamos que já não vale a pena lutar eis que nos surge a ajuda de anjos que nos levantam quando vacilamos e queremos desistir...

Com essa ajuda, começamos a alimentar essa sementinha que vai germinando nos nossos corações, essa sementinha que dá pelo nome “Desejo de ser Mãe”!!!

Com o passar do tempo a dor tornou-se Esperança e a dor começou a amenizar, muito embora nunca se esqueça até porque nós não queremos esquecer aqueles filhos que tantos desejamos e amamos.

Eu tive muito medo mas assim que ganhei coragem comecei a pensar…
Quero engravidar de novo e lutar por um sonho que é meu e dos que mais amo (o meu marido e a minha filha).
Tive uma conversa com o meu marido e decidimos tentar de novo…


Passados seis meses de tentativas em vão e quando já pensava que algo estava mal…
Começava a pensar que não ovulava, que tinha ficado com sequelas da curetagem…
Todos esses pensamentos invadiam pensamento e o meu coração, por isso decidimos descansar e dar um tempo…

Era mês de Maio era o mês da “Mãe…” Tive uma conversa com ela zanguei-me a sério e pedi-lhe que me desse um sinal do que queria de mim...

E o mês da Mãe foi o meu mês....
Sem contas, sem gráficos sem esperar…
Hoje estou grávida de 18 semanas
Sei que não vai ser fácil a caminhada, aprendi a viver um dia de cada vez...

MAS EU VOU CONSEGUIR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NUNCA DEIXEM DE ACREDITAR PORQUE OS MILAGRES ACONTECEM!!!!!!


Beijinhos
Lena

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

19 semanas já passaram...

O bebé
Mais óvulos. Talvez não saiba ainda o sexo do feto, mas se vai ser menina, o sistema reprodutivo já está perfeitamente estabelecido. A vagina, o útero e as trompas de Falopio já estão formados e os ovários contêm mais de seis milhões de óvulos primitivos. Quando o bebé nascer, esse número ter-se-á reduzido aproximadamente para um milhão e já não produzirá mais óvulos durante toda a vida. Não é fascinante saber que o óvulo que se converteu no bebé que espera é tão velho como você, que só estava à espera de ser libertado durante o seu crescimento?

São os mistérios da Vida, tão complexos e tão simples...

Se for menino. Nesse caso, as coisas também seguem o seu curso. O sistema reprodutivo masculino está quase plenamente desenvolvido. Os testículos estão formados e já segregam testosterona desde a semana 10 da gestação. Os genitais externos, que se definiram masculinos durante o primeiro trimestre, continuam a desenvolver-se. Nesta altura costuma ser já evidente o saco escrotal.

É menino o meu REI!!!!

Segunda pele. O que é esta coisa cremosa que cobre o meu corpo? É mais ou menos agora que a pele começa a produzir uma substância cremosa chamada 'vérnix caseosa', que é formada por óleos segregados pela pele, células mortas e penugem, o pêlo fino que cobre o corpo. Este revestimento ceroso protege o feto dos efeitos da flutuação no líquido amniótico. A maior parte da vérnix desaparece antes do parto, a não ser que seja prematuro. Os bebés prematuros costumam nascer ainda cobertos com uma grande quantidade de vérnix caseosa. Inclusive os bebés nascidos no fim do tempo ainda têm um pouco desta substância nas dobras da pele.

Já é um homenzinho o meu principe!!!

As medidas. O feto mede cerca de 18 cm e pesa entre 200 e 225 gramas. Observa-se agora uma definida tendência para uma subida no gráfico de crescimento, pelo que é de esperar grandes avanços nas próximas semanas.

Passaram tão depressa e tão devagar... Como eu Te amo filho.....
Ainda me lembro da 1ª eco... 2.14cm de gente....

A gravidez
Uma cara estranha. Não tente lavar as manchas escuras que lhe aparecem na testa, nariz ou bochechas. Não são sujidade, mas sim uma afecção comum da gravidez chamada cloasma ou 'pano'. As hormonas são a causa destas manchas, que não aparecem a todas as grávidas. As hormonas da gravidez também são responsáveis pela 'linha preta', a linha escura que vai desde o umbigo até à púbis. Quer o cloasma quer a linha preta desaparecerão gradualmente após o parto. A exposição solar pode escurecer ainda mais os pigmentos da pele, pelo que deverá utilizar um bom protector solar e ficar à sombra se desejar que a sua pele mantenha o tom mais uniforme possível.

Disso tenho-me livrado!!! Também a praia tem sido muito pouca...

Dor nos ligamentos redondos. O crescimento do útero obriga os ligamentos redondos que o sustentam a esticar-se. Ocasionalmente, estes ligamentos esticados podem causar uma dor aguda ou moderada na zona inferior do abdómen, habitualmente num lado ou no outro. Provavelmente notará mais quando mudar bruscamente de posição ou ao se levantar de uma cadeira ou da cama. Como ocorre com quase todos os incómodos da gravidez, o descanso costuma ser o melhor remédio. Embora a dor nos ligamentos redondos seja bastante frequente, telefone ao seu médico se estiver preocupada.

Já passei por cada susto!!!!

A voz dos especialistas. É preciso endurecer os mamilos durante a gravidez para se preparar para dar o peito. Verdadeiro ou falso? Falso. Este sim é um conceito antiquado. De facto, pode ser prejudicial endurecer os mamilos, já que a estimulação do peito pode libertar a hormona que causa a contracção do útero. No entanto, se tiver os mamilos invertidos (ou seja, que se metem para dentro com a estimulação), é possível que a parteira lhe recomende estratégias que facilitem o aleitamento quando o bebé nascer.

Vamos ver o que dá eu tenho Esperança que Vou conseguir amamentar!!!....

O Amor vence todos os medos....

E por Acreditar que o meu filho vai estar nos meus braços decidi fazer a amniocentese...

Foi um momento de terror não queria fazer ia convencida que não fazia, mas senti uma força dentro de mim (que sei veio dos meus filhos e das pessoas que logo de manhã me enviaram emnsagem de muita força, Obrigada!!!)que me levou a ter uma conversa com a médica que foi um doce e me apresentou os prós e os contras, deixando-me a mim a decisão final sem grandes argumentações...
Tudo isso inspirou-me uma confiança total e eu decidii fazer o exame sem temer o resultado...
Revivi em pânico cada minuto daqueles terriveis dias de Outubro de 2007, mas sinto que valeu a pena!!!

Estou bem, já passaram alguns dias fiz o exame na passada sexta feira

Sinto o meu filho mexer-se cada dia mais como se me dissesse...

"Eu não te disse mãe?!!!"

Eu ACREDITO que embora seja dificil ás vezes muito dificil o Amor Vence todo o medo que possa existir nos nossos corações...

sábado, 6 de setembro de 2008

A verdade ...

"...Cada um que passa em nossa vida passa sozinho...Porque cada pessoa é única para nós, e nenhuma substitui a outra.Cada um que passa em nossa vida passa sozinho, mas não vai só...Levam um pouco de nós mesmos e nos deixam um pouco de si mesmos.Há os que levam muito, mas não há os que não levam nada.Há os que deixam muito, mas não há os que não deixam nada.Esta é a mais bela realidade da vida...A prova tremenda de que cada um é importante é que ninguém se aproxima do outro por acaso... "

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Mais uma semana... A 18ª!!!

O bebé
Um ser único. Esta semana, o feto desenvolve uma das características que lhe darão uma identidade própria e inconfundível: as impressões digitais. As camadas de gordura que se acumulam na ponta dos dedos das mãos e dos pés converter-se-ão em distintas linhas onduladas.

Preparando a canalização. O que se passa com tudo o que me entra no estômago? O intestino grosso fixou-se à parede abdominal e estão a formar-se muitas glândulas digestivas. O sistema digestivo em desenvolvimento já está há várias semanas a cumprir etapas. O feto engole líquido amniótico, que passa para o estômago e os intestinos. Em seguida, esse líquido mistura-se com as células mortas e as secreções que existem nos intestinos para formar mecónio. O mecónio é uma substância viscosa de cor esverdeada que será expelida na primeira fralda do bebé.

Medidas. O feto pesa cerca de 200 gramas e mede entre 16 e 18 centímetros de cima a baixo.

Cada dia que passa está mais perto de Te ter nos braços...Meu principe!!!!

A gravidez
Demasiados conselhos. Pode acontecer que observe que todos se achem no direito de lhe dar conselhos sobre a gravidez: quanto exercício tem de fazer, o que deve comer, se deve ou não trabalhar... Parece que não existe nenhum aspecto sobre o qual alguém não tenha algo que dizer. Embora os conselhos não pedidos possam ser incómodos, tente reagir com calma. E não se sinta obrigada a explicar as suas decisões. Bastará um simples: 'Obrigada, vou ter isso em conta'. Tente não se esquecer que as pessoas se emocionam com a perspectiva de um bebé a caminho e que o fazem de boa fé. Também não se surpreenda se estes conselhos 'informais' forem diferentes das recomendações do seu médico, já que o pensamento médico mudou em muitos aspectos ao longo dos anos.

Já senti tudo isso "na pele"...


Tonturas. Não se surpreenda se por vezes se sentir tonta: o seu coração trabalha cerca de 40% ou 50% mais do que antes de engravidar. Este duro trabalho, juntamente com a pressão cada vez maior que o útero exerce sobre os vasos sanguíneos, pode causar uma sensação de vertigem ocasional, sobretudo quando se levanta rapidamente. Descanse frequentemente. Deite-se sobre o lado esquerdo durante alguns minutos várias vezes por dia para manter uma boa circulação. A descida do nível de açúcar no sangue também pode causar indisposição. Comer uma peça de fruta é uma boa maneira de se manter bem e evitar a fome.

Tonturas???!!! Até desmaios!!! Tenho direito a tudo!!!!

Pequenos movimentos. São gases ou pontapés? Muitas mulheres sentem os movimentos do feto pela primeira vez entre as semanas 16 e 20. Como o bebé ainda é muito pequeno, é provável que não sinta pontapés fortes, mas sim uma ligeira palpitação, como se tivesse borboletas na barriga.

Ontem senti tão bem...Borboletas na barriga e um sorriso parvo nos lábios...

A voz dos especialistas. Como o fluxo vaginal muda durante a gestação, pode acontecer que seja difícil saber se existe uma infecção. Quase todas as grávidas verificam um fluxo branco e leitoso, chamado leucorreia. A leucorreia é normal e aumenta à medida que se aproxima o dia previsto para o parto. No entanto, se o fluxo mudar de cor e consistência ou vier acompanhado de mau odor ou irritação, é possível que exista infecção.

Já vou na 2ª... E não tem graça nenhuma, são cá umas dores...

A nossa familia

Pyzam Family Sticker Toy