quinta-feira, 15 de abril de 2010

Amar é educar :)




A seguir ao amor, um sentido de disciplina é o segundo presente mais importante que se pode dar a um filho. Apesar de muitos pais se aperceberem de que é fundamental estabelecer limites, fazê-lo de modo consistente e eficaz é uma das tarefas mais difíceis para os pais. Todos queremos crianças 'bem-educadas' mas também nos preocupamos com a limitação da mente da criança ou a sobrecarga com demasiados limites.






NÃO CASTIGUE
Disciplina significa ensinar o seu filho acerca dos limites. Existem maneiras de transmitir o seu desapontamento, irritação e frustração utilizando a voz, a cara e a postura. O seu filho quer a sua atenção e a sua aprovação. Se se afastar dele, ficará surpreendida com o poderoso efeito que isso pode ter. Lembre-se que não vale a pena bater-lhe. Bater no seu filho pode originar problemas de conduta e uma baixa auto-estima. E ele aprende que bater e agredir não está mal - uma lição potencialmente perigosa. Portanto diga-lhe 'Não!' com firmeza. Depois retire-a fisicamente para longe do perigo. Gritar 'não' do outro lado da sala pode pará-lo durante um minuto e convida-o a testá-la a seguir. Dê-lhe uma explicação simples: por exemplo, 'Está quente!' se ele estiver a brincar perto do forno. Ele pode tentar desafiá-la, portanto distraia-o rapidamente com algo novo. Lembre-se que o seu bebé ainda é muito novo para castigos e discussões demoradas. Ainda estou a aprender...Nao te resisto...

Sugestão Rápida: Não corra atrás do bebé quando ele estiver a dirigir-se para a rua. Poderá parecer um jogo bem divertido, fazendo com que ele corra cada vez mais depressa, rindo sempre. Se ele estiver mesmo em perigo, grite 'pára!' muito alto - dar-lhe-á um minuto para o apanhar. 
O meu coraçao fica apertadinho só de imaginar a cena...... 



UM OBJECTIVO A LONGO PRAZO

Quando o seu filho começar a testá-la e aos limites que estabeleceu, lembre-se que a disciplina significa ensinar, não castigar. A disciplina é um objectivo a longo prazo e o seu objectivo é ensinar o seu filho a impor limites a ele próprio. O que você faz de vez em quando não tem importância. É ser consistente e impor limites sensatamente, quando realmente têm importância, que conta.
Pois tem de ser....Mas é dificilllllllllll






COMO LIDAR COM A ATITUDE NEGATIVA
Provavelmente, a atitude negativa do bebé (dizer sempre "não", arrancar, atirar coisas, etc.) terá aumentado nestes últimos tempos. Isto afecta a sua alimentação, jogos, sono e vontade de gracejar, condutas que constituem áreas de comunicação importante entre pais e filhos. Testa, activamente, os seus limites graças à sua nova mobilidade, ao seu conhecimento sobre a permanência das pessoas e objectos e a sua maior capacidade para manipular e controlar os brinquedos e o seu ambiente. Nesta idade, as birras são comuns, assim como outros tipos de conduta que são negativos, sob qualquer ponto de vista. Portanto, durante o segundo ano, a disciplina converte-se numa parte essencial do papel que desempenham como pais. 
E quando poes aquela carinha de safadolas tentas sempre virar o jogo a teu favor :)

Sugestao:
Se quiser levar o seu filho para uma actividade divertida, dê uso ao pão seco e vá dar de comer aos patos. Dê uma volta até um lago ou uma pequena represa perto, para ver onde os patos comem, e leve um cesto de piquenique para comerem os dois enquanto lá estiverem.

Temos feito belos passeios em familia e Tu adoras meu pequenino!!!!

4 comentários:

Carina M disse...

Ai que na teoria parece tudo tão fácil...
Bjs

sofia disse...

às vezes até corre assim, não é? :)
Beijinhos

eueogajito disse...

Ai que lindo o meu sobrinho ...Gajito lindo da tia


beijobeijocas babadas

carlavc disse...

Realmente Educar é Amor.
Mas eu cá sou muito adepta das regras e da disciplina talvez pela experiência de Educadora.
Por muito que, ás vezes, custe e até nos dê vontade de rir temos que ser firmes.
E olhem que se nota e bem quais são as crianças que têm e não têm regras.

Beijocas

A nossa familia

Pyzam Family Sticker Toy