terça-feira, 14 de julho de 2009

Dicas...


CUIDADOS COM O SOL


O sol é indispensável à vida. A sua luminosidade gera alegria de vida. Os raios solares ajudam-nos a fabricar a vitamina D, indispensável ao desenvolvimento ósseo.

Mas os raios solares também podem ser nocivos para a saúde , especialmente para as crianças.

As crianças quanto mais jovens, mais sensíveis são ao sol, porque a sua pele é mais frágil.

As queimaduras solares sofridas em criança duplicam o risco de vir a desenvolver cancro da pele na idade adulta.

Os efeitos nocivos da exposição solar vão-se acumulando de ano para ano.



É da sua responsabilidade proteger o seu filho e para isso aqui ficam alguns conselhos:


Não exponha directamente ao sol os bebés até terem pelo menos 2 anos de idade;

• Faça uma habituação progressiva ao sol e evite o período de maior intensidade solar, ou seja entre as 11:30 e as 16:30h;

• Nos primeiros dias de praia, as crianças devem ser protegidas com uma camisola de algodão, com chapéu de abas largas (que proteja o rosto e as orelhas) e calção ou fato de banho. A roupa deve ser mantida seca;

• O protector solar deve ser aplicado meia hora antes de ir para a praia e reaplicado regularmente (dependendo do número de banhos, da transpiração);

• Utilize sempre um filtro solar de protecção adequada à criança;

• Tenha cuidado especial em crianças que têm sinais, cicatrizes ou “manchas”. Nestes casos utilize um factor de protecção mais elevado;

• A criança deve beber muita água para não desidratar;

• Não esqueça a protecção das mãos, orelhas, nariz, lábios e área em redor dos olhos;

• Não é só na praia que é preciso ter cuidado com o sol. Nas actividades no campo como os piqueniques passeios ao ar livre, prática de desporto é preciso ter igualmente cuidado na exposição solar. Aplique sempre um protector;

• Se a criança estiver cansada, mal disposta ou com a pele muito vermelha, convém que nesse dia não se exponha mais ao sol;

• Mesmo que o céu esteja nublado, tome as mesmas precauções pois as radiações atravessam as nuvens. O mesmo se passa no caso de estar vento, estar dentro de água ou debaixo do guarda-sol, apesar da sensação de frescura os raios solares incidem de forma indirecta;



EM CASO DE QUEIMADURA O QUE FAZER?

É aconselhável a criança ficar 1 ou 2 dias sem apanhar sol;

Deve aplicar-se um bom creme hidratante;

No caso da queimadura ser mais grave ou se houver bolha, recorra ao centro de saúde;

É muito importante beber líquidos (água, leite, chá e sumos naturais) à temperatura ambiente;



Fonte: Farmácia da Família - SOL COMO PROTEGER AS CRIANÇAS, Associação Nacional de Farmácias;
Direcção geral de Saúde – SOL USE MAS NÃO ABUSE

Sem comentários:

A nossa familia

Pyzam Family Sticker Toy