segunda-feira, 2 de março de 2009

O CHORO E AS CÓLICAS

O QUE FAZER QUANDO O BEBÉ CHORAR

Quando o bebé chorar, vá ter com ele. Recorra a todas as estratégias que conheça para saber se precisa de alguma coisa. Pegue nele e ande com ele ao colo. Alimente-o, embale-o e mude-o. Mas sem exagerar. Depois de se ter certificado de que ele não está molhado, nem com fome nem com dores, utilize técnicas de relaxamento ou deixe-o sozinho. Talvez ele precise apenas de libertar a tensão. Aprenda a conhecer os diferentes choros.


cuidado com o bebé
UM CHORO DE SOCORRO

Quando os bebés estão doentes não é estranho que também chorem. Para desentupir o nariz pode deitar umas gotas de soro fisiológico em cada narina e aspirar a mucosidade. Tenha cuidado, visto que só deve limpar-se o nariz o suficiente para que o bebé possa comer e dormir sem problema. É possível que os sintomas normais nos bebés e nas crianças mais velhas sejam pouco comuns nos lactentes. A febre acima dos 38ºC nesta idade exige a atenção imediata do pediatra. Outro sintoma que indica problemas é a dificuldade em respirar, tal como respiração ruidosa e arquejante. A falta de apetite que dure mais de duas refeições é outro sinal de aviso, bem como a tendência para dormir demais. Pode-se saber que um bebé tem muito sono se não acorda para comer ou não reconhece a sua cara nem a sua voz.


sugestão

O ASPECTO PRÁTICO

A pior fase das cólicas geralmente verifica-se durante o segundo e o terceiro mês de vida. Neste caso, mime e pegue no bebé ao colo ainda mais. Isto pode ajudar a que mais tarde chore menos. Os estudos indicam que pegar no bebé ao colo com mais frequência durante as primeiras semanas de vida pode ajudar a limitar a duração dos ataques de choro quando for mais velho. Estas são boas notícias, porque qualquer choro de mais de 30 segundos pode parecer uma eternidade para os pais.

Sugestões rápidas: Algumas soluções que podem ajudar a acalmar o bebé são pegar-lhe ao colo, abraçá-lo, pressionar o estômago com suavidade, ligar o rádio, ligar uma ventoinha ou o aspirador, balançá-lo ou levá-lo a dar uma volta de automóvel. Se o estômago estiver mais inchado do que o que é habitual, é provável que tenha engolido muito ar ao chorar, pelo que convém ajudá-lo a arrotar. É possível que alguns bebés apenas precisem de estar sozinhos para libertar a tensão.



como pode actuar

VÁ TER COM O BEBÉ

Não se preocupe, nesta idade o bebé é novo demais e não tenta manipulá-la. Por isso, não demore a verificar se tem fome, se está cansado ou com dores. Não vai mimar o bebé se for ter com ele quando acorda e chora durante a noite. O choro é a forma de dizer-lhe que precisa de alguma coisa. Se responder com prontidão, mais rapidamente terá a confiança de que o mundo é um lugar seguro. Regra geral os bebés cujas mães respondem com mais prontidão nesta idade, depois choram muito pouco. Depois de ter verificado que todas as necessidades físicas dele foram satisfeitas e que tudo parece estar bem, aconchegue-o em silêncio ou deite-o e dê-lhe umas palmadinhas suaves para que sossegue.



momentos chave no desenvolvimento do bebé

COMO IDENTIFICAR OS CHOROS DO BEBÉ

A maioria das mamãs já está a começar a reconhecer alguns dos choros do bebé. Há choros de fome, de dor, por incómodos leves, até por aborrecimento ou sono.

O choro de confusão indica o estado em que se encontra o bebé antes de adormecer ou de acordar por completo.

Também existe o choro que indica uma cólica. Todos os bebés, a partir das três semanas e até aos três meses, chegam a um estado de alteração ao fim do dia em que precisam de libertar a tensão. Mas alguns choram três horas por dia, três ou mais dias por semana, durante três ou mais semanas. Estes bebés têm cólicas.
É muito provável que os bebés com um temperamento sensível e um pouco tensos sofram de cólicas. A agitação que lhes produz a vida parece chegar ao máximo no fim de cada dia. Nem todos os bebés desenvolvem cólicas.

Quando o seu filho tiver quatro ou seis semanas, saberá se faz parte dos 60 porcento que sofre de cólicas. O choro devido a cólicas é intenso, forte e inconsolável.
Às vezes dá a impressão que os bebés com tendência para cólicas sentem dor.
Devido ao facto de ao chorar engolirem ar, com frequência os bebés que sofrem de cólicas têm o estômago inchado e gases. Os pais sentem-se angustiados e incapazes pois pode ser muito difícil acalmar um bebé com cólicas.


sugestão

Sempre que se ofereçam para ajudá-la, quer seja a sua mãe, a sua sogra ou uma amiga, diga sempre 'sim'. Pode ser difícil para si aceitar ajuda, mas esta não é altura para tentar fazer tudo sozinha, especialmente se as cólicas passaram a fazer parte da sua vida diária. Portanto, descanse e deixe que alguém prepare a refeição, lave o bebé enquanto você toma banho ou que cuide dele enquanto faz outras coisas.

2 comentários:

Maria José disse...

Amiga o que a minha Sofia sofreu com a porcaria das cólicas nem me querio lembrar dessa fase
bjs

Helena disse...

O meu Luís também sofreu imenso com as malditas cólicas. A minha sorte foi a pediatra ter me perguntado se já tinha experimentado o Aero-Om, saí da consulta e tratei logo de comprar o tal remédio e foi um verdadeiro alívio, conseguimos finalmente acabar com as malditas

A nossa familia

Pyzam Family Sticker Toy